terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Definição

"Baby, you're all that I want
When you're lyin' here in my arms"

Mais uma daquelas noites de fazer os santos taparem os olhos e os diabos esfregarem as mãos.
O suor ainda escorre pelas minhas costas e pela tua cara corada de cansaço.
O som das nossas respirações ofegantes preenche o silêncio do quarto.
Sinto a minha face ruborizar. De certeza que estás a olhar para mim.
Páro de fixar o tecto branco e olho para o lado. Os nossos olhares encontram-se.
Rimos. Um riso nervoso, envergonhado, tolo. Risos de quem está feliz mas não sabe o que está a viver.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Eventualmente

"I appreciate the way you watch me, I can't lie"

Sinto um formigueiro no corpo quando te vejo.
Quero descontrolar-me.
Mas não posso. 
É esse teu sorriso tão confiante, tão cheio de certezas...e de ego.
Deixa-me fora de mim, num misto de irritação e desejo.

sexta-feira, 26 de julho de 2019

(Não) Vou

"Até um dia amor adeus 
Até ao dia em que nos teus braços falte eu..."

Vou-me embora.
Não sei se te vais importar.
Nem sequer se vais notar.
Sinto-me presa, a criar raízes que não me deixam dar um passo.
Eu não sou árvore.
Sou animal selvagem.
Preciso de fugir.
Correr, ver, despir, sentir, viver.
Preciso de ir.
Mas tu não deixas.